Dr. GLAUCO FRANCO SANTANA

Dr. GLAUCO FRANCO SANTANA

CRM: 31209

Cardiologia, Ecocardiografia

Graduação em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) entre 1991 e 1997. Especialização em Cardiologia pela Santa Casa de Belo Horizonte entre 1998 e 2000. Especialização em Ecocardiografia pela Santa Casa de Belo Horizonte entre 2000 e 2001. Especialização em Ressonância Magnética Cardiovascular – Fellowship in Cardiovascular Magnetic Resonance at Duke University Medical Center – Durham – North Carolina (USA) entre 2012 e 2013. Trabalhou como médico plantonista do Centro de Tratamento Intensivo Cardiovascular Santa Casa de Belo Horizonte entre 1999 e 2001, como médico cardiologista do Ambulatório da Prefeitura Municipal de Carmo do Paranaíba entre 2001 e 2003, como médico cardiologista da Santa Casa de Misericórdia de Carmo do Paranaíba entre 2001 e 2004, como médico plantonista do Centro de Tratamento Intensivo e Serviço de Emergência do HNSF entre 2003 e 2011 e como médico cofundador da Unidade de Dor Torácica do HNSF em 2006. Atua como coordenador do serviço de Ecocardiografia do HNSF desde 2003 e como médico responsável pelo serviço de Ressonância Magnética do Coração do HNSF desde 2013. Foi diretor científico da Associação Médica Regional de Patos de Minas entre 2008 e 2011 e presidente do Comitê de Ecocardiografia da Sociedade Mineira de Cardiologia entre 2014 e 2015. Desde 2011 é presidente da Associação Médica Regional de Patos de Minas. Em 2016, também se tornou presidente do Comitê de Imagem Cardiovascular da Sociedade Mineira de Cardiologia.

Fale com a secretária: (34)3820-1032

Depoimentos

"Fui internado no mês de agosto de 2015. Passei por vários processos de cirurgias. Entrei no HNSF com 85 quilos e saí com 50 quilos. Fiz 15 cirurgias e achei que não sairia vivo, mas Deus foi bondoso e me ajudou a passar por essa atribulação. Fui muito bem atendido pelos profissionais que hoje considero como parte da minha família. Os médicos do HNSF são excelentes, assim como as enfermeiras, tanto do noturno quanto do diurno. Já fui tratado em outros hospitais, mas nunca recebi tanto, tanto carinho quanto no HNSF. Depois dessa experiência, a minha família não vai pra outro hospital. Eu indico o Hospital Nossa Senhora de Fátima, que é o melhor que tem na cidade pelo carinho dos seus profissionais."

 

Joel Soares

Lagoa Formosa

"A minha filha, Bárbara Oliveira, sofreu um acidente e ficou 50 dias internada na UTI e 106 dias no hospital. Então, fizemos uma família, né? Cada dia que passava, recebíamos um boletim diferente da saúde da minha filha, principalmente os 50 primeiros. Então, todo o carinho que recebemos nos deu muita força. Eu não conseguiria destacar nenhum profissional, pois dos faxineiros aos diretores, fomos muito bem tratados. Peço que Deus abençoe todos eles!"

Vera Lúcia

Patos de Minas